Suíça registra recorde histórico com mais de 10.000 abortos realizados

  • 08/07/2024
Suíça registra recorde histórico com mais de 10.000 abortos realizados
Suíça registra recorde histórico com mais de 10.000 abortos realizados (Foto: Reprodução)

Em 2023, a Suíça registrou um número recorde de interrupções de gestações, segundo dados oficiais divulgados em julho de 2024.

O país da Europa Central contabilizou 12.045 abortos, representando um aumento de mais de 600 casos em relação ao ano anterior. Este é o maior número já registrado na história suíça.

O Departamento Federal de Estatística da Suíça informou que a taxa de abortos em 2023 foi de 7,3 por 1.000 mulheres na faixa etária de 15 a 44 anos. Além disso, 53% das mulheres que optaram pela interrupção da gravidez tinham mais de 30 anos.

Quase a totalidade dos abortos na Suíça em 2023, cerca de 95%, foram realizados dentro do prazo legal das primeiras doze semanas de gestação. Além disso, 77% desses procedimentos ocorreram nas primeiras oito semanas.

Na Suíça, em 2023, oito em cada dez abortos foram realizados por meio de medicamentos, enquanto 19% dos procedimentos foram conduzidos por cirurgia.

A população atual da Suíça é de aproximadamente 8,7 milhões de pessoas, conforme os dados mais recentes de julho de 2024 .

A legislação suíça que permite o aborto, conhecida como "solução do primeiro trimestre", foi instituída em 2002.

Dois partidos cristãos são pró-vida

Os dois partidos de clara orientação cristã representados no parlamento nacional suíço mantêm uma posição pró-vida.

O Evangelical People's Party (EVP), que possui duas cadeiras no Bundeshaus, afirma em seu manifesto: “Deus criou as pessoas à sua própria imagem. É por isso que protegemos e respeitamos a vida humana desde a concepção até a morte”.

A União Democrática Federal (EDU), que também possui duas cadeiras no Bundeshaus, mantém uma postura claramente pró-vida. Em seu posicionamento, afirmam: “A vida é sempre recebida; é um presente de Deus. O estado deve proteger as vidas de seu povo”.

Além disso, a EDU defende que “assistência estatal social, financeira, psicológica e pastoral conforme necessário para gestantes em situação de vulnerabilidade é uma medida eficaz de prevenção contra o aborto”.

A Aliança Evangélica Suíça também expressou apoio claro ao direito à vida dos bebês em gestação e, em decorrência dessa posição, enfrentou ataques violentos por parte de ativistas pró-aborto.

As marchas pela vida na Suíça foram organizadas sob rigorosa proteção policial, devido aos protestos violentos de grupos extremistas nos últimos anos.

FONTE: http://guiame.com.br/gospel/noticias/suica-registra-recorde-historico-com-mais-de-10000-abortos-realizados.html


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

No momento todos os nossos apresentadores estão offline, tente novamente mais tarde, obrigado!

Top 10

top1
1. VOU TE ADORAR

VALDILENE RODRIGUES

top2
2. VOCÊ VAI CANTAR

MARA LINHARES

top3
3. PERTENÇO A VOCÊ

CAIO HENRIQUE

top4
4. SEDE DE VITÓRIA

GRACY SANTOS

top5
5. Um novo Vencedor

Damares

top6
6. Deus e eu

Leandro Borges

top7
7. Penielr

Fernanda Brum

top8
8. Até aqui eu cheguei

Voz da Verdade

top9
9.

Midian Lima

top10
10. Deus é Deus

Delino Marçal


Anunciantes